Assista nossos programas:

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Sorvete para cães

Bastante conhecido nos Estados Unidos e na Europa, os sorvetes para cães estão conquistando os consumidores de produtos para pets em todo o Brasil

Seja no inverno ou no verão, nada melhor do que um delicioso sorvete para refrescar e dar um sabor a mais na rotina do dia a dia. Até os animais de estimação se rendem a essa deliciosa guloseima. A novidade é que os mascotes já têm um sorvete produzido especialmente para eles, com ingredientes especiais e sabores exclusivos.

Alice Pádua, proprietária do Feras & Fofos, pet shop de São José do Rio Preto que já oferece o produto, explica que o sorvete para cachorros já é uma das guloseimas mais procuradas pelos clientes. “A maioria dos nossos clientes adoram fazer um agrado aos seus animais. Nós sabemos, por meio de pesquisas realizadas pelo Ibope, que mais de 80% das pessoas que têm um mascote em casa consideram seus pets membros da família”, diz.

Além dos tradicionais sabores de chocolate, morango, menta e creme, os animais podem encontrar o sabor bacon, bastante apreciado pelos bichinhos. A diferença do sorvete convencional para a guloseima para pets é a redução da lactose em quase 50% e a ausência do açúcar e da gordura hidrogenada, que são prejudiciais para os animais de estimação. Segundo a veterinária Márcia Saes, alguns ingredientes encontrados nos sorvetes comuns, para humanos, podem ser prejudiciais à saúde dos animais e nenhuma guloseima deve substituir a ração.

Mercado Pet Food

Segundo pesquisas realizadas pelo Ibope, 64% das famílias da classe C possuem animais de estimação, enquanto nas classes A e B esse número é de 63%. Desses pets, apenas 37% consomem alimentos produzidos pelas indústrias do mercado de pet food, segundo estatísticas da Associação Nacional dos Fabricantes de Produtos para Animais de Estimação, a Anfal Pet.

Segundo dados da Anfat, o crescimento do consumo do alimentos para pet entre os anos de 1995 e 2002 foi de 400%, caractereizando como um dos mercados que mais se destacaram. Nos últimos cinco anos, o aumento do mercado de pet food foi em média de 10 a 12% ao ano.