Assista nossos programas:

quarta-feira, 30 de junho de 2010

CÃES LABRADOR ESTÃO SENDO TREINADOS PARA DETECTAR RISCOS DA DIABETES

Na foto, a menina Rebecca Farrar com a cadela Shirley - Fonte: BBC


Foi publicado no site da Globo o caso da cadela labrador chamada Shirley, que compõe o grupo de dez cães que estão sendo treinados pela entidade beneficente Cancer & Bio-detection para alertar diabéticos quando sua condição se deteriora.

Um dos casos é o da menina Rebecca Farrar, que tem diabetes tipo 1. A cadela identifica através do odor da garota os níveis de alteração de açucar no sangue (percebido apenas pelos animais) e chama a atenção da criança, lambendo seus bracinhos para que ela e a mãe possam tomar as devidas precauções, antes de um possível colapso. A mudança do cheiro da pessoa, é o primeiro sinal, por isso pode-se tomar providências urgentes, antes de haver desmaios ou um possível colapso.

Na entrevista, uma das responsáveis pela organização Cancer & Biodetection, ClaireGuest, revelou que os cães são capazes de detectar doenças humanas pelo odor que se altera.

Para mais notícias, visite o site da BBC Brasil